Posts com Tag ‘retenção de líquido’

Por Geosh

Milk cheese yogurt eggs on a white background

O artigo de hoje é uma dica simples (duas na verdade) e, te digo, como estamos tão habituados com o consumo de laticínios, é uma coisa que, as vezes, não faríamos ou notaríamos normalmente.

Vou mostrar para você um teste que você pode fazer para descobrir se você sofre de algum tipo de alergia ou intolerância à lactose e se isso está impactando na sua saúde geral e no seu emagrecimento.

Estima-se que 70% da população brasileira sofra de algum tipo de intolerância a lactose. É Muita gente! E como estou de ótimo humor hoje, vou deixar os detalhes do prejuízo que o processo de pasteurização trás ao leite pra outro dia!

Bom, primeiro, deixe-me te contar os resultados do teste que fiz em mim mesmo.

O Teste Em Mim… (as melhoras foram muito dramáticas)

  • Meu corpo e, principalmente, meu rosto, desincharam.
  • Meu nariz e sistema respiratório passaram a funcionar melhor e as crises de muco e rinite desapareceram por completo.
  • Minha digestão melhorou muito, cessaram os gases e diarréia.
  • Meu corpo passou a regular sua temperatura. Eu sentia calor em excesso e hoje sou muito mais tolerante ao calor.

Só esses motivos já melhoraram tanto a minha qualidade de vida que, por si só, justificam o teste. Gostaria de ter descoberto isso com 11 anos, que foi quando comecei a ter problemas severos com a rinite. Sofri com esses problemas, literalmente, metade da minha vida!

Ainda, como resultado do teste, a cereja no bolo foi que minha capacidade de manter os níveis de gordura corporal baixos e perder gordura, melhoraram!

O Teste é Simples! Vamos Lá!

Regra básica: Duas semanas inteiras sem laticínios. É isso mesmo! Você vai passar duas semanas sem consumir:

  • Leite, chocolate, achocolatado, iogurte, queijo;
  • Bolos, doces, biscoitos e tudo mais que levar leite ou laticínios como ingrediente.
  • Se você faz musculação para Hipertrofia muscular e faz suplementação de caseína, suspenda a caseína durante o teste. Suspender a whey protein é opcional desde que você tome apenas pré/pós treino.
  • Não precisa restringir a manteiga! Ela possui pouca lactose/caseína e não costuma causar problemas.

Caso você note mudanças positivas ou queira ter uma resposta mais conclusiva, pode estender o teste a quatro semanas, ou seja, um mês inteiro.

Uma Ótima Alternativa Ao Leite

Estou fazendo um artigo sobre soja, e já adianto: Até agora as conclusões não são favoráveis. Exceto para os alimentos fermentados de soja que são altamente pro-bióticos.

Porém, a algum tempo A bióloga Juliana Hernandes(leitora aqui do site) enviou por e-mail uma receita simples e deliciosa de leite de nozes/castanhas, que fiz com amêndoas e adorei! Pra ser sincero, eu fiquei impressionado como é simples e fácil de fazer! Nas palavras da própria Juliana:

“Sou bióloga e convivo com a intolerância a lactose já há alguns anos. Tentando fazer substituções ao leite cheguei ao leite de castanhas, que tem me feito muito bem e que acredito ser uma boa opção para pessoa que querem emagrecer.”

A receita é simples e pode ser feita com vários tipos de castanha (a amêndoa é minha preferida). Basta deixar um punhado de castanhas de molho em água limpa por 24 horas. Elas irão inchar e absorver parte da água. Após essas horas, basta lavar as castanhas, colocar no liquidificador com aproximadamente 700 ml de água e bater até que elas se dissolvam por completo. Na receita original se recomenda coar para tirar o resto da casca. Eu particularmente não coo para manter as fibras.”

Nota: Muitas pessoas são intolerantes a lactose e não sabem disso. A intolerância pode aparecer em vários níveis de intensidade, porém, mesmo que você não note uma intolerância forte, você ainda pode estar sofrendo as consequências de uma intolerância mais suave.

Comentários Adicionais

Por Rodrigo

Você pode se perguntar: “Tá, mas e o cálcio?”

Certo, porém, gostaria de lembrar que existem outros alimentos que, como um todo, são melhores fontes de cálcio do que o leite.
Laticínios são, sim, ótimas fontes de cálcio, porém, eles podem realmente causar problemas visíveis e invisíveis em muitas pessoas.

Algumas opções de laticínios que seriam mais recomendadas do que o leite puramente: queijo cottage, tofu e iogurte natural integral.

Para você ter uma idéia, a quantidade média recomendada de ingestão de cálcio por dia em um adulto é em torno de 1000mg de acordo com Food and Nutrition Board (FNB).

A exemplo, deixe-me compartilhar uma simples comparação entre alguns alimentos

Alimento (100g ou 100ml de cada alimento) -> mg de Cálcio
Amêndoas -> 248mg
Sardinha -> 240mg
Castanha-do-Pará -> 160mg
Semente de Girassol seca -> 116mg
Leite Integral -> 113 mg
Brócolis -> 40mg
Laranja -> 40mb
Repolho -> 31mg

Referências: http://emagrecerdevez.com/o-teste-do-leite

Meus comentários (Matthaeus)

Eu estava tomando 1 litro de leite por dia numa antiga dieta e estava com uma barriga inchada que não sabia o motivo, além de retenção de líquidos no corpo inteiro, prejudicando a visibilidade dos meus músculos. Usava o leite olhando só pelas proteínas dele e por ser líquido para fazer shakes. Quando cortei o leite perdi 6 cm de barriga e ganhei bastante definição. Quase adquiri um abdômen definido sem nenhum aeróbico (já que sou ectomorfo, evito os mesmos). Incrível. Porém ainda continuo com derivados que não me causam isso.
Mesmo assim, não faço uso de leite de amêndoas.

Vale a pena o teste.

Por Osvaldo Neto

Mestre em Ciências Farmacêuticas
Pós-graduado em Nutrição Esportiva
Pós-graduado em Fitoterapia
Pós-graduando em Nutrição Funcional
Nutricionista da equipe de treinamento do professor Waldemar Guimarães

EM PRIMEIRO lugar, retenção de líquidos é o nome popular que descreve o inchaço no corpo ou em parte dele, e até certo ponto é comum às pessoas sentirem que estão retendo líquidos. As pernas inchadas no final do dia, com marcas de pressão das meias ou dos sapatos, são um exemplo de inchaço. O inchaço é o resultado do extravasamento de um líquido (pobre em proteínas do sangue) que sai dos vasos sanguíneos e vai para o tecido subcutâneo. Esse líquido confere o aspecto inchado e brilhante da pele, muitas vezes compressível por acessórios da roupa ou mesmo com a pressão dos nossos dedos sobre a pele, deixando uma marca, um sulco, transitoriamente. Vamos às dicas:

1) PARE de consumir alimentos ricos em sódio, como enlatados, embutidos, fast food, conservas, carnes salgadas etc. O sódio faz o corpo reter líquido;

2) REDUZA o consumo de sal, opte por temperos naturais e sal LIGHT. O sal rosa do Himalaia é outra ótima opção;

3) BEBA mais água. Acredite ou não, a ingestão maior de líquidos ajuda a eliminar o sódio – e o inchaço;

4) EVITE carboidrato simples (como pão branco, massa branca, bolachas, doces, batata frita etc). Carboidratos são transformados em glicose e armazenados no organismo sob a forma de glicogênio para geração de energia. Para ser retida no corpo, uma molécula de água deve ligar-se a glicose. Quanto mais carboidratos armazenados você tiver, mais pesada e inchada vai se sentir;

5) MEXA-SE, os exercícios ajudam a eliminar o excesso de água por meio da respiração e aceleram a digestão. Quando você se exercita, estimula os músculos a moverem mais rápido o alimento e a água pelo seu organismo. Acabe com a constipação fazendo alguma atividade de sua preferência pelo menos 30 minutos por dia para promover a passagem dos alimentos pelo sistema digestivo. Suar também libera líquidos;

6) CONSUMA alimentos ricos em cálcio e magnésio (vegetais verdes escuros, nozes, abacate, queijo cottage, iogurte desnatado, cereais integrais, oleaginosas). Ambos competem com o sódio pela absorção no organismo; por isso, se você consumir quantidades adequadas de ambos, seu corpo será forçado a eliminar o sal que não foi efetivamente absorvido;

7) CUIDADO com os diuréticos. Quando paramos de tomar diurético, o corpo retém mais água e fica inchado durante uma ou duas semanas. Isso pode levar a uma dependência física, fazendo com que o corpo necessite do medicamento para se livrar do excesso de líquido, em vez de eliminá-lo naturalmente;

8) EVITE refrigerantes. A cafeína dos refrigerantes causa desidratação e o fósforo, um aditivo comum desse tipo de bebida, pode provocar inflamação na parede do intestino, aumentando ainda mais a sensação de inchaço;

9) CUIDADO com a pílula anticoncepcional, elas podem estabilizar o nível de progesterona, hormônio que induz o inchaço;

10) COMA legumes e verduras variadas, estas auxiliam e eliminar água do corpo;

11) A MAIORIA dos adoçantes contribuem para o inchaço, assim como a cafeína, álcool e até mesmo a nicotina são fatores. Prefira os adoçantes naturais como STEVIA e SUCRALOSE.

12) EVITE também laticínios que contenham lactose, eles agravam a retenção.

13) AUMENTE o consumo de alimentos ricos em proteínas, eles tem um efeito diurético no corpo.

14) CONSUMA suplementos probióticos.

15) REALIZE procedimentos estéticos como massagem modeladora e drenagem linfática;

16) AUMENTE o consumo de chás 100% naturais com atividade diurética – cavalinha, carqueja, hibisco, chá verde carqueja, hibisco, cidreira, erva-doce, capim-limão, camomila, cabelo de milho, dente-de-leão, quebra-pedra, salsaparrilha porangaba, guabiroba, chá de bugre).

Referência: http://www.waldemarguimaraes.com.br/?p=4346