Posts com Tag ‘proporção’

Segue artigo de um novo contribuidor do blog

Por Jefferson

Eu sou um entusiasta do fisiculturismo a anos e conheço vários atletas de renome. Eu observo o corpo das pessoas há 15 anos e sei tudo o que as mulheres gostam e admiram nos homens. Também sei o que elas não gostam no corpo dos praticantes de musculação. Eu sei como fazer o corpo parecer mais alto, como chamar atenção na rua de modo positivo. Por exemplo, muito peitoral causa efeito “ótico” de ombros estreitos e faz a pessoa parecer mais baixa e faz as pernas parecer mais fina, principalmente as panturrilhas. Você pode  observar nas academias onde só  querem saber de malhar peito e braço, esquecendo dos ombros ou quando vai malhar os ombros, não malha com a mesma determinação quando malha peito e braço. Acontece que peito e braço, na maioria das pessoas desenvolvem mais rápido que ombro e perna.

Em 15 anos de observação eu cheguei a algumas conclusões por exemplo: Só consegue ficar grande e maneiro se a pessoa tiver uma boa estatura. Gente baixa com muito músculo fica ridículo e as mulheres literalmente odeiam! São exemplos Lee Priest, Eduardo Correa, Dennis James, Fernado Maradona, Shaw Ray entre outros. Pessoas de baixa estatura com muito músculo (inchado) é horrível, chega dar nojo só de ver!
Uma regra crucial e que ninguém sabe:
Muita caixa torácica não permite o corpo ficar maneiro e atraente e acaba escondendo os ombros (“efeito ótico”). Um alerta: Os(as) atletas chamam muito atenção nas ruas, mais nem sempre é porque são bonitos e sim muito feios.

Muito peitoral esconde os ombros fazendo com que o cara chame menos atenção e fique com aquele visual de “pacote”. O próprio Arnold Schwarzenegger admitiu no livro dele que eu tenho aqui em casa: “Meus ombros quando estão relaxados parecem muito estreitos por causa do excesso de peitoral e fico um aspecto de ‘peito caído'”. Dê uma olhada nas fotos abaixo.

Arnold treinando
Um cara com o efeito “peito caído” pela falta de ombros

Por isso eu falo “Ombro é tudo e quanto mais melhor”. Por isso que eu quero chegar a fazer desenvolvimento pela frente com 100kg ou 140kg.

Para um corpo maneiro e gigante, deve se priorizar esses os grupos musculares dos ombros, costa e perna, além de manter uma cintura fina. Os outros grupos musculares, devem apenas acompanhar esses três primeiros. Agora no caso de atletas e competidores essa regra não se aplica!
A estética com tamanho é o que manda. Não adianta só ter tamanho.Tem que ter uma boa proporção e harmonia. Se o cara for grande e tiver uma cintura e quadril muito largo/grande não adianta nada. Nem para lavagem de porco serve…
A cintura fina faz o corpo impressionar, faz as pernas chamarem MUITO mais atenção e os ombros e costas nem se fala! O conjunto ombro e costa faz o homens parecer mais alto (“Efeito ótico”). As panturrilhas merecem uma atenção extra porque funcionam como espelhos do corpo, ou seja, se tiver panturrilhas finas o corpo não fica grande e se tiver panturrilhas grandes o corpo tem aquele visual “compacto e possante”. Além disso, panturrilhas finais deixam um visual grotesco, escroto e esquisito, não permitindo o corpo ficar visualmente grande, por mais que a pessoa se “entupa” de músculos! Panturrilhas gigantes é questão de carga. É o músculo mais forte do corpo e mais resistente. No geral elas só ficam gigantes quando, no aparelho, você consegue erguer entre 250 à 500 quilos do chão com no mínimo 15 repetições. Ou seja o músculo só fica desenvolvido quando você alcança uma determinada carga e isso leva anos. Por isso a maioria, principalmente professores de educação física, falam merda como “panturrilhas é genética”. Qualquer grupo muscular deve haver acréscimo de carga mês a mês e ano a ano! Vejam fotos de corpos simétricos, proporcionais e harmônicos: