Posts com Tag ‘batata doce’

Para nós, praticantes de musculação, essa farinha tem várias vantagens
-Economizar tempo de cozinhar a batata doce, principalmente quem treina de manhã e usa o café da manhã como pré-treino
-Praticidade de ter guardado e usar rapidamente
-Facilidade no transporte, podendo ser usado para shakes pré-treino
-Como ingrediente em hipercalórico caseiro, com carboidrato de baixo índice glicêmico.

Rendimento

2kg de batata doce natural rende 524 gramas farinha
50g de farinha equivale a comer 200g de batata doce in natura

farinha de batata doce

 

Por Neide Rigo

Fiquei convencida do valor nutricional e gastronômico da farinha de batata-doce durante o Congresso de Incentivo ao Consumo de Verduras, Frutas e Legumes de 2009, em Brasília. Os pesquisadores da Embrapa Hortaliças que faz um bonito trabalho de resgate de variedades esquecidas, mais nutritivas. Com estas batatas fizeram farinha num processo de tecnologia simples e barata. Foi lá que peguei uma apostila e aprendi a fazer a farinha adaptando o que seria indicado para pequenos agricultores para processo caseiro. Embora um pouco demorado, por causa do tempo de secagem, o restante é feito facilmente se você tiver um processador, um liquidificador e peneira. A Embrapa tem material informativo a respeito, mas você também pode ver uma apostila similar aqui (http://www.cpatc.embrapa.br/publicacoes_2012/ct_65.pdf).

Levando em conta que 2 quilos de batatas renderam pouco mais que meio quilo, podemos dizer que, dependendo da umidade da batata, o rendimento é aproximadamente este – 25% do peso inicial. A apostila linkada também confirma que 4 quilos de batatas rendem 1 quilo de farinha. Isto quer dizer que se você usar 100 g de farinha é praticamente o mesmo que consumir 400 g de batata-doce in natura e, com exceção de alguns nutrientes que sofrem perdas com o calor e oxidação, muitos outros estarão concentrados num produto agora não-perecível. Ótima opção para aproveitar excesso de produção e garantir suprimento para a entressafra; para incrementar dietas mais pobres ou de crianças inapetentes; melhorar o valor nutricional da merenda escolar e aproveitar como farinha sem glúten para bolos, pães, pudins, mingaus, farofas, biscoitos e o que mais a imaginação soprar. Incluí em pães de trigo na proporção de 40, 30 e 20%. Com 40, ficou pesado e grudento. Com 30% cresceu menos e o miolo ficou um pouco ressecado e com 20% ficou perfeito (ok, isto eventualmente pode ser uma “quinta com pouco trigo” também)

Então, além de poder ser usado pura em algumas preparações sem glúten, você pode incrementar todos os pratos feitos tradicionalmente com farinha de trigo.

Modo de preparo

farinha de batata doce passo 1

Lave as batatas, descasque-as e rale no processador ou em ralo grosso.

farinha de batata doce passo 2

Pesei para ver o rendimento. Usei 2 quilos, mas, para experimentar o seu forno e conhecer a eficácia dele, comece com menos, lembrando que o rendimento é de 1/4 do peso inicial.

farinha de batata doce passo 3

Espalhe em assadeiras, sem amontoar e leve ao forno em temperatura bem baixa, mais baixa que conseguir. Eu coloquei o cabo de uma colher na porta para diminuir a temperatura, que ficou entre 74 e 80 graus.

farinha de batata doce passo 4

De vez em quando remexa. Até que fique tudo bem seco e solto. Se os flocos estiverem flexíveis é porque ainda não secou o suficiente. Tem que ficar durinhos com barulho de pedrinhas.

farinha de batata doce passo 5

O rendimento: 2 kg renderam 531 g de flocos secos

farinha de batata doce passo 6

Bata no liquidificador aos poucos – 1 xícara de cada vez, até tudo virar pó.

farinha de batata doce passo 7

Passe pela peneira fina. No final, se sobrou muitos grãos, bata mais, até rescar só um pouco, que pode ser usada para polvilhar a superfície dos pães, por exemplo.

farinha de batata doce passo 8

O rendimento final: 524 gramas. Dez gramas ficaram pelo caminho.
O sabor final não é só um pouco doce, mas deliciosa. A minha, usei quase toda para fazer pães. Aproveite a sua para panquecas, bolos e bolinhos, biscoitos etc. E depois me conte. Ou aguarde receitas aqui quando eu fizer mais farinha.

Meus comentários
Para quem gosta de coisas prontas e não tem tempo de fazer a farinha, foi lançado esse mês o suplemento Carbo+, batata doce em pó. Inclusive ele é indicado pelo fisiculturista Fernando Sardinha.

carbo+ batata doce em pó

Você pode comprar no site
http://www.carbomais.com.br